Projeto “Formando Médicos” da UniMAX atende cerca de 400 pessoas

Projeto “Formando Médicos” da UniMAX atende cerca de 400 pessoas

O foco é apoiar o desenvolvimento de capacidades dos estudantes para aferirem a pressão arterial e as frequências cardíaca e respiratória das pessoas

Aproximadamente 400 pessoas, entre colaboradores e comunidade em geral, participaram da primeira edição do projeto “Formando Médicos” promovido pelo curso de Medicina da UniMAX – Centro Universitário Max Planck em parceria com o HAOC (Hospital Augusto de Oliveira Camargo) e a Secretaria Municipal de Saúde de Indaiatuba.

De acordo com a coordenadora da graduação, professora Valéria Vernaschi Lima, o Programa “Formando Médicos visa envolver as parcerias, Secretaria de Saúde e HAOC, na formação dos futuros médicos da UniMAX. Para tanto, profissionais vinculados a essas instituições participam, voluntariamente, de uma atividade prática, na qual os estudantes treinaram capacidades de aferição de sinais vitais. “Como sinais vitais foram verificados os valores da pressão arterial, frequência cardíaca e frequência respiratória. Posteriormente os estudantes trabalharão os dados obtidos e os compararão com a literatura”, explica a docente.

A atividade contou com a participação dos 150 estudantes da graduação e aconteceu nos dias 16 e 18 de setembro, no HAOC, na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Morada do Sol, na Prefeitura de Indaiatuba, no Centro de Convivência da UniMAX e no Hospital Dia.

Os atendidos pelo projeto receberam um cartão com as informações coletadas pelos estudantes, que continha também uma frase que expressa o propósito do “Formando Médicos”. “No exame da doença, ganhamos sabedoria sobre anatomia, fisiologia e biologia. No exame da pessoa com doença, ganhamos sabedoria sobre a vida”. A autoria é de Oliver Wolf Sacks, neurologista, escritor e químico amador nascido em 1933 e falecido em 2015.

A coordenação do primeiro projeto do Programa “Formando Médicos” é da professora Dra. Maria Cristina com contribuição das professoras Bianca Sant’Anna Pires Luiz, Erica Vernaschi Lima, Cilmara Polido Garcia, Valéria Vernaschi Lima e Sissi Marília S.F. Pereira e dos professores Roberto Padilha e Jaime Sasaki, além do apoio da Secretaria Municipal de Saúde, por meio de Luciana Mori e do HAOC (Hospital Augusto de Oliveira Camargo), Dr. Marco Antonio Barroca e Ronaldo José Garcia.

O projeto faz parte das iniciativas socioculturais do curso, confirmando o objetivo da UniMAX em oferecer uma formação humanizada a partir de problemáticas reais.

Saiba mais sobre Medicina, clique aqui!

22/09/2019