Max Planck gradua segunda turma de Medicina Veterinária

Max Planck gradua segunda turma de Medicina Veterinária

Colação de grau reuniu 15 formandos preparados para o mercado de trabalho

 

“Estou muito feliz com a conclusão desta etapa. Nesses cinco anos evoluímos junto com a faculdade, inclusive conseguimos trabalhar no Hospital-Escola Veterinário, algo único e muito importante para a nossa formação”. Lívia Stolf Moreno Dias tem 31 anos e acaba de completar a segunda graduação pela Faculdade Max Planck. A primeira foi em Administração. “Fiquei muito satisfeita com o ensino da Faculdade, principalmente por aprendermos na prática, então resolvi continuar na instituição”, garante.

Essa foi a segunda turma do curso de Medicina Veterinária que completou a graduação na Faculdade Max Planck. “Sinto grande satisfação em participar da formação de novos profissionais. Esses cinco anos foram de muito aprendizado para os alunos, docentes e também para a instituição”, afirma a coordenadora do curso, professora Maria Fernanda Vianna Marvulo. Ela ressalta que as atividades práticas fazem parte do calendário acadêmico desde o primeiro semestre de graduação. “Agora esses alunos são colegas médicos veterinários”.

Os estudantes da Faculdade Max Planck batalham e recebem apoio para entrar no mercado de trabalho ainda na graduação. Marcos Vinicius Feitosa, 25, foi estagiário na área de odontologia de equinos desde o terceiro ano da graduação. “Meu irmão finalizou a graduação um ano antes de mim e, então, abrimos nosso próprio negócio. Nesses cinco anos recebemos muito apoio de todos os professores, que sempre nos incentivaram”, diz.

No evento de Colação de Grau, realizado em 05 de fevereiro, o diretor da Faculdade, professor Hector Edmundo Huanay Escobar desejou boa sorte aos 15 novos profissionais recém-formados. “A graduação em Medicina Veterinária da Max Planck tem se consolidado na região, prova disso é que o curso da Faculdade de Jaguariúna – FAJ, que integra o Grupo Polis com a Max e utiliza o mesmo projeto pedagógico, recebeu o primeiro lugar no Ranking Universitário Folha (RUF). Esses são resultados de um corpo docente qualificado e conhecido no mercado. Estes recém-formados com certeza honrarão essa profissão”, declarou.

Também estiveram presentes o diretor do Hospital-Escola Veterinário, professor Thyago Escodro Dercoli, a gestora do Hospital-Escola Veterinário, professora Raffaella Bertoni Cavalcanti Teixeira e a assessora da coordenação, professora Ciciane Pereira Marten Fernandes. O curso de Medicina Veterinária tem como principal objetivo a capacitação das atribuições profissionais, com espírito reflexivo e crítico, visando desenvolver habilidades para planejar, dirigir, coordenar, executar e controlar a assistência técnico-sanitária aos animais, a indústria de alimentos de origem animal, em setores da área da saúde animal com ênfase na prevenção, promoção do bem-estar animal e gestão ambiental.