Fábrica de Brinquedos Pedagógicos da UniMAX contribui para a formação completa do engenheiro

Fábrica de Brinquedos Pedagógicos da UniMAX contribui para a formação completa do engenheiro

Uma entidade de assistência social será beneficiada com os brinquedos produzidos pelos estudantes de Engenharia de Produção que dispõem de seus conhecimentos técnicos e tecnológicos em prol da sociedade

Beneficiar a comunidade em que está inserida é uma das missões da UniMAX – Centro Universitário Max Planck de Indaiatuba. Para isso, os estudantes desenvolvem diversos projetos que contribuem não apenas para sua formação, mas para a sociedade, como a Fábrica de Brinquedos Pedagógicos conduzida pelo curso de Engenharia de Produção.

O projeto, realizado por 30 alunos do 8°semestre, faz parte das iniciativas socioculturais da graduação. Eles fazem pesquisa, desenvolvimento dos projetos de engenharia (desenhos e cálculos), verificação das normas técnicas e de seguranças para brinquedos pedagógicos, elaboração dos protótipos e produção dos brinquedos em série. “O futuro profissional coloca em prática um dos pontos de juramento da profissão do engenheiro que é utilizar o desenvolvimento técnico e tecnológico em prol da sociedade, pois todos os brinquedos produzidos serão distribuídos para uma instituição de Indaiatuba que promove trabalho sociocultural. No ano passado foi a APAE”, conta o coordenador do curso, professor Rogério Gasparetto.

“Os benefícios são incalculáveis, pois fazem com que as crianças, que muitas vezes não têm nada para ganhar no Natal, possam se sentir acolhidas e esperançosas. O projeto se preocupa com um produto educativo e de segurança, para a diversão e o bem-estar dessas crianças”, considera o coordenador.

No total, foram seis tipos diferentes de projeto, totalizando 100 brinquedos de madeira destinados a crianças de 4 a 10 anos, sem partes móveis que possam provocar acidentes e ferimentos, seguindo as recomendações do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) quanto à segurança. “Além disso, os brinquedos são desenvolvidos pelos alunos, sem que haja nenhuma parte final comprada diretamente”, destaca o coordenador.

Além de contribuir com a formação humanística, o projeto trabalha o lado técnico, pois o aluno aprende a utilizar todos os equipamentos das oficinas da UniMAX e que integram a disciplina de Processos de Fabricação, assim como os softwares de desenho em 2 e 3 dimensões. “Na área acadêmica é possível trabalhar na prática todos os processos de fabricação necessários para a formação de um profissional de engenharia completo”, salienta Rogério.

Por fim, o docente ressalta a dedicação dos alunos e a qualidade do material produzido pela Fábrica de Brinquedos Pedagógicos. “A cada ano que passa, o projeto está conseguindo desenvolver brinquedos mais criativos e preocupado com o bem-estar, sendo que essa iniciativa parte dos próprios alunos que entenderam a necessidade de não somente utilizar o projeto como um aprendizado para a disciplina, mas também para o desenvolvimento de um senso crítico mais humanístico”, conclui o coordenador.

Saiba mais sobre o projeto Fábrica de Brinquedos Pedagógicos, clique aqui!

 

Vestibular 2020 – UniMAX – Centro Universitário Max Planck

Inscrições: www.faculdademax.edu.br

Telefone: (19) 3885-9900

Texto: Tatiane Dias (MTB 67029)