Aluno de Direito da UniMAX passa no exame da OAB com excelência

Aluno de Direito da UniMAX passa no exame da OAB com excelência

Do 9º semestre do curso, Gustavo Henrique Miquelini Arthuzo tirou 9.4 na segunda fase da prova

A determinação e a dedicação do aluno do 9º semestre de Direito da UniMAX – Centro Universitário Max Planck de Indaiatuba, Gustavo Henrique Miquelini Arthuzo, resultaram numa nota bastante expressiva no exame da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). O estudante tirou 9.4 na segunda fase da prova.

Para Gustavo, essa conquista é a coroação de todo o esforço empregado durante os anos da graduação. “Sinto felicidade por atingir o objetivo que coloquei como principal no início do curso em 2015. Representa também a gratidão que tenho da família, namorada e amigos, por sempre me apoiarem na jornada”, destaca.

O estudante conta que focou totalmente nos estudos para o exame nas duas etapas. “Cerca de 20 dias antes das provas da 2º fase, foquei estudando com vídeos, resumos, livros e leis, praticamente todos os dias após chegar da faculdade e aos fins de semana (inclusive no carnaval!). Eu disse quatro anos, pois a aprovação é resultado da dedicação durante o tempo do curso, tanto nas aulas, quanto no trabalho, buscando aprender sempre”, diz.

Gustavo considera que entre os principais desafios enfrentados para alcançar seu objetivo foi a conciliação entre trabalho, estudos e vida pessoal. “E também vencer o cansaço; acabei abrindo mão de noites de sonos bem dormidas, alimentação saudável e diversão. No final vale a pena”, explica. “Foi bastante desgastante, fazer provas e apresentar trabalhos enquanto estava focado na prova; porém, consegui me planejar bem e deu tudo certo”, completa.

Àqueles que se encontram na mesma situação, o futuro advogado orienta: “Planejamento é essencial. Para primeira fase, eu foquei nas matérias que julgava ter menos conhecimento, para buscar pontos nessas, imaginando que garantia certa pontuação nas que julgava saber mais. Já para a segunda, que podemos escolher a matéria, eu não perdi muito tempo treinando peças, pois pratiquei bastante no meu estágio, que foi essencial. Enfim, você tem que se conhecer e saber suas dificuldades e facilidades para elaborar a melhor estratégia de estudo. É muito importante também ter foco, disciplina e concentração”, enfatiza.

O estudante também atribui o seu êxito à formação de qualidade que vem recebendo. “Como disse, o resultado obtido foi conquistado em quatro anos, a UniMAX é parte essencial disso, já que é o local da minha formação, a minha base acadêmica toda vem das aulas ministradas pelos excelentes professores. Sem uma base boa, talvez o resultado não fosse o mesmo”, pondera.

“Acho a infraestrutura, metodologia e professores da UniMAX excelentes. O Centro Universitário tem uma estrutura exemplar. O prédio em que estão localizados a biblioteca e o auditório, recém-inaugurado, é para causar inveja em qualquer faculdade. Os professores foram excelentes, solícitos, didáticos e conhecedores das matérias. Faço questão de agradecer nominalmente o Xandão (que é meu orientador), o Ricardo, o Nardon e o Honorato, cujas aulas foram essenciais para obter a aprovação na ordem. Quanto à metodologia, sempre gostei muito das aulas práticas, de processos simulados a apresentações, experiências para levar para a vida”, enaltece o aluno.

Gustavo está na área desde antes de começar o curso, trabalhou no Cartório de Registro de Imóveis por cinco anos e em 2016 entrou no mundo da advocacia por um estágio no escritório LNAA – Leite e Narezzi | Advogados Associados, local em que está até hoje e atua no ramo do Direito Tributário. “Sou muito grato a ambos por pela oportunidade que me foi dada”, salienta.

O estudante revela que a decisão pelo curso de Direito veio muito cedo em sua vida. Desde criança gostava de ler e escrever por incentivo da família e também sempre foi ligado aos acontecimentos políticos e sociais. “Como disse Ludwig von Mises, economista libertário que admiro muito, ‘ideias e somente ideias podem iluminar a escuridão’, estar no mundo do Direito é estar no mundo das ideias. Unindo isso, o fato de ser uma área que tem um mercado muito vasto (afinal, estamos em um dos países mais burocráticos do planeta) e a influência que tive trabalhando no Cartório, optei pela faculdade de Direito”, ressalta.

Aos que desejam cursar Direito, Gustavo diz: “A dica que posso passar, com o pouco de experiência que tenho é estudar bastante, se possível conciliar estudar em conjunto outras matérias. Buscar sempre entender que todo direito gera um dever e que nem tudo aquilo que é transformado em direito (que até parece bonito no papel) é o certo e nem que irá funcionar na prática (a ação humana é muitas vezes imprevisível)”.

“Outra dica é ficar sempre atento às novidades do direito, sempre estar ligado nas decisões, notícias e novas leis, por exemplo. Essa dica foi repetida várias vezes pelos professores, recordo do professor Bellini falar sempre para lermos sites com conteúdos jurídicos todos os dias e que isso ajudaria no final. Ele tinha total razão. É muito importante, procurar a UniMAX, pois como diria o professor Ricardo: passar na OAB é termo (e não condição) ao aluno UniMAX”, finaliza.

Vestibular de Inverno

Inscreva-se no Vestibular de Inverno da UniMAX – Centro Universitário Max Planck – acesse www.faculdademax.edu.br ou clique neste link.

Provas de segunda a sexta, às 10h e às 19h30, e aos sábados às 9h30, no campus I, que fica na Avenida 9 de dezembro, 460 – Jardim Pedroso – Indaiatuba.

Mais informações: (19) 3885-9900.

Texto: Tatiane Dias (MTB 67029)

02/07/2019