A INTERAÇÃO ENTRE ANIMAL E AMBIENTE É FOCO DE ESTUDO DOS ALUNOS DE MEDICINA VETERINÁRIA NA UNIMAX

A INTERAÇÃO ENTRE ANIMAL E AMBIENTE É FOCO DE ESTUDO DOS ALUNOS DE MEDICINA VETERINÁRIA NA UNIMAX

Na prática, futuros médicos veterinários aprendem a promover os cuidados com a saúde e o bem-estar dos animais

De acordo com o professor da UniMAX – Centro Universitário Max Planck, Fabricio Rogério Castelini, é papel do médico veterinário proporcionar condições adequadas para que todos os animais, sejam de produção ou de estimação, possam expressar seu máximo desempenho e tenham a saúde e o bem-estar assegurados. Para isso, logo no 2º semestre do curso, os docentes que atuam no curso de Medicina Veterinária da UniMAX transferem aos alunos ferramentas que possibilitam a avaliação e correlação das informações do ambiente com as necessidades dos animais por meio da disciplina de Bioclimatologia Animal.

Henrique Zavarez Barbosa, que também leciona essa disciplina na UniMAX, destaca que todo animal doméstico vive em ambiente que exerce influências por meio de condições externas naturais e artificiais. “A mensuração da interação entre o animal e o ambiente no qual ele está inserido, é dada através do estudo da Bioclimatologia Animal. Desta maneira, a Bioclimatologia explica a inter-relação entre clima, solo, planta e animais”, salienta.

Já o professor Fabrício explica que a disciplina está diretamente relacionada com o bem-estar animal e é imprescindível para que o médico veterinário monitore as variáveis ambientais para que, se necessário, utilize equipamentos (ventiladores, exaustores, nebulizadores, cortinas de proteção) capazes de corrigir a sensação ambiental e proporcionar uma condição de bem-estar aos animais.

Por sua vez, o professor Henrique ressalta que em países de clima tropical, como o Brasil, a Bioclimatologia auxilia a mensurar o efeito do estresse térmico causado pelo excesso de calor sobre o desempenho produtivo e reprodutivo dos animais. “A partir destes dados, os médicos veterinários podem auxiliar em projetos de instalações e definir estratégias de manejo que minimizem o efeito do clima sobre os animais e assegure conforto térmico”, diz.

Segundo professor Henrique, a Bioclimatologia Animal pode ser classificada como uma ciência multidisciplinar, que tem aplicabilidade em todas as áreas de conhecimento. Ele enfatiza, ainda, que não é muito comum, na maioria dos cursos, a disciplina ser apresentada logo no primeiro ano de curso. “Isso permite ao aluno que desde o início tenha ciência das relações entre o animal e o ambiente, independente da finalidade criação como PET ou animal de produção, sendo um diferencial no mercado e para o desenvolvimento deste futuro profissional”, considera.

“Além disso, a infraestrutura proporcionada pela UniMAX como Granja de Aves e de Suínos, Canil, Curral e Baias para Equinos permitem que os alunos façam um estudo interdisciplinar, aliado a identidade do Centro Universitário, onde 50% das aulas são práticas, o que facilita o processo de desenvolvimento de competências, habilidades e atitudes dos alunos do Curso de Medicina Veterinária, que passam a ter contato com o sistema produtivo e vivenciar cada vez mais aquela realidade, sendo capaz de propor ajustes e mudanças nos sistemas produtivos”, complementa o docente.

Durante as aulas práticas, os alunos mensuraram a temperatura em diferentes locais dentro do Galpão de Aves e coletaram as informações observadas. A ação faz parte de uma parceria entre a UniMAX e a empresa Hendrix Genetics Ltda., que permite a integração e o contato dos alunos com o mercado de trabalho. “Em sistemas cada vez mais tecnificados de produção, em que há a busca por maior produtividade a custos cada vez menores, a preocupação com o conforto e bem-estar animal aumentam”, conta o professor.

Por fim, o docente reforça que ao introduzir o conhecimento do bem-estar animal na disciplina de Bioclimatologia Animal, os alunos compreendem que os animais são seres sencientes, que precisam de cuidados e condições para demonstrarem seu potencial produtivo nos melhores ambientes. “Assim, competências e habilidades relacionados à mensuração do bem-estar e das características ambientais na qual os animais estão inseridos, assim como suas relações, são desenvolvidas nos alunos”, conclui.

VESTIBULAR 2019

Seguem abertas as inscrições para o Vestibular 2019 UniMAX – Centro Universitário Max Planck.  Mais informações: CLIQUE AQUI!

Telefone: (19) 3885-9900.

Texto: Tatiane Dias – (MTB 67029)

24/01/2019