Professoras da MAX preparam treinamento de Metodologias Ativas para corpo docente

Professoras da MAX preparam treinamento de Metodologias Ativas para corpo docente

Conteúdo é baseado em capacitação realizada em Harvard, importante instituição americana

Discutir os grandes problemas da atualidade e, em especial, do universo da educação, visando encontrar soluções e ajustar as metodologias de ensino. Estes foram alguns dos objetivos do treinamento realizado por duas docentes da Faculdade Max Planck em Harvard, uma das mais conceituadas universidades do mundo e precursora da aplicação das Metodologias Ativas de Aprendizagem. A capacitação teve continuidade em Lorena, interior de São Paulo, com várias oficinas práticas e atualização de conhecimentos. O conteúdo dos dois eventos será repassado ao corpo docente da MAX por meio de workshops, realizados na segunda quinzena de julho.

“A atualização constante dos professores é um dos diferenciais da MAX. Por isso, a Instituição não poupa esforços e investimentos quando o assunto é capacitação do corpo docente, especialmente no que diz respeito às Metodologias Ativas”, explica a professora Christianne Stegmann, responsável pelo programa FOCO (Formação Continuada). Ao lado da professora Rosa Virgínia Diniz (INFOCO) e de professores da Faculdade Jaguariúna (FAJ), a docente viajou até Massachusetts, nos Estados Unidos, para participar da atualização em Harvard.

Chamado de Leadership and Higher Education, o treinamento em Harvard foi todo custeado pelas Faculdades Max Planck e Jaguariúna. “Nós tivemos discussões muito positivas, especialmente ligadas aos grandes problemas da atualidade, que são multifacetados e, portanto, exigem visão multidisciplinar para encontrar soluções. E a educação também precisa ter esse olhar, se adaptar frente ao perfil desses problemas”, comenta a professora Christianne.

O investimento de Metodologias Ativas de Aprendizagem é um dos diferenciais da MAX. A Faculdade faz parte de um seleto grupo de Instituições de Ensino Superior (IES) que recebem treinamentos constantes por meio da LASPAU – organização sem fins lucrativos, filiada à Universidade de Harvard, focada no desenvolvimento do ensino superior na América Latina, principalmente por meio da elaboração e do gerenciamento de programas de bolsas de estudos internacionais no nível de pós-graduação.

A participação da MAX na LASPAU acontece via Consórcio STHEM Brasil, que tem como missão contribuir para o fortalecimento do ensino superior no país. Dando continuidade ao aprendizado de Harvard, foi realizado em Lorena, interior de São Paulo, uma semana de atividades práticas. Chamado de Building Capacity and Implementing Change, o evento contou com várias oficinas de Metodologias Ativas.

“Essas ações atendem ao DNA da nossa Instituição, que se preocupa em aproximar os alunos da realidade do mercado de trabalho e ajudá-los a enxergar problemas de forma interdisciplinar e centrado na prática profissional”, diz a responsável pelo programa FOCO.

O STHEM Brasil é um consórcio brasileiro voltado para a preparação de professores. O objetivo é implementar mudanças e promover melhorias acadêmicas que refletirão em um ensino centrado no aluno. Além da Faculdade Max Planck e FAJ ainda participam desta capacitação instituições como PUC Goiás e PUC Paraná, UNISAL, UNESP e UERJ, entre outras.

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful