Polis Educacional participa novamente de Anuário Contábil

Resultados do levantamento foram apresentados em coletiva de imprensa realizada na última sexta-feira no Royal Palm Residence
Por Samanta De Martino/Isabel Luchesi

O Grupo Polis Educacional, do qual a Faculdade Max Planck faz parte, produziu, em conjunto com a KPMG e o Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (IBEF Campinas), a 5ª edição do Anuário de Transparência Contábil e Governança da Região Administrativa de Campinas, que apresentou dados de 100 empresas da Região Metropolitana de Campinas (RMC), trazendo informações sobre lucro, liquidez e taxa de desemprego. Os resultados do levantamento foram apresentados na última sexta-feira, 3, em coletiva de imprensa realizada no Royal Palm Residence, que fica em Campinas.

De acordo com o diretor acadêmico do Grupo Polis, o professor José Carlos Pacheco Coimbra, os estudantes auxiliam na coleta de informações e os docentes e coordenadores trabalharam, em conjunto com os profissionais da KPMG e do IBEF, no tratamento e análise dos indicadores apresentados pelo Anuário. “Os alunos que participam desse trabalho têm uma oportunidade muito rica de aplicar os conceitos teóricos aprendidos em sala de aula a um projeto prático, que é supervisionado por experientes profissionais com destacada atuação no mercado de trabalho. Essa é a filosofia do Grupo Polis Educacional, preparar o aluno para os desafios da vida real, com uma grande referencial teórico e vivência prática”, salienta o diretor.

O Anuário apontou que ao longo dos últimos cinco anos, as empresas de Campinas buscaram as melhores práticas de governança corporativa e aderiram a padrões contábeis internacionais, porém, em uma análise prospectiva, o levantamento mostra que a tendência é as organizações enfrentarem dificuldades nos próximos anos, por conta das elevações da taxa de juros, que tendem a diminuir o consumo, além de desestimular a tomada de financiamentos, o que acarretará em prejuízos internos ao setor produtivo da região.

As cem empresas pesquisadas foram divididas em duas categorias: Sociedades de Grande Porte (SGP) e Empresas de Pequeno e Médio Porte (PMES). As organizações responderam a um questionário com 15 questões, relacionadas à Governança Corporativa e à Contabilidade. Vale lembrar, que o resultado líquido gerado em 2013 pelas organizações pesquisadas foi de aproximadamente R$ 18 bilhões.

A pesquisa está disponível na íntegra no link https://www.kpmg.com/BR/PT/Estudos_Analises/artigosepublicacoes/Paginas/V-Anuario-de-TCG-Campinas.aspx.

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful