Órgão de saúde alerta sobre prevenção de conjuntivite

A Secretaria da Área da Saúde do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (SAS) alerta para os cuidados necessários a fim de se evitar a contaminação e propagação da conjuntivite. A doença vive uma epidemia no Estado e, somente na capital São Paulo, já foram registrados mais de 50 mil casos este ano.

Devido ao alto poder de contágio, as conjuntivites virais são as responsáveis pela maioria dos surtos e epidemias. Aos primeiros sintomas o médico clínico ou o oftalmologista devem ser procurados para se estabelecer o diagnóstico correto e se instituir o tratamento adequado.

CONJUNTIVITE

A conjuntivite aguda é a inflamação da conjuntiva (uma fina membrana que recobre e protege os olhos e também a parte interna das pálpebras). Pode ser causada por fatores alérgicos e substâncias irritativas ou por agentes infecciosos (bactérias e vírus).

Devido ao alto poder de contágio, as conjuntivites virais são as responsáveis pela maioria dos surtos e epidemias.

Sinais e sintomas

Dor, irritação, vermelhidão, coceira e alguma secreção, que na viral pode ser apenas lacrimejamento e na bacteriana geralmente é amarelada como pús.

Os sintomas aparecem de 2 a 7 dias após o contágio.

Transmissão

Contato mão-olho-mão, objetos contaminados e contato do olho com água contaminada (piscinas).

Prevenção

Lavar frequentemente as mãos com água e sabão; higienizar as mãos com álcool gel (não dispensa lavar as mãos quando estão visivelmente sujas); evitar o contato com pacientes acometidos pela doença.

POR: VAGNER COUTO

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful