Nova turma de Administração ganha surpresa na área gerencial

Nova turma de Administração ganha surpresa na área gerencial

-Publicado em 22/03/2015-
Teste de tipos psicológicos foi aplicado em alunos ingressantes como atividade prática

 

Antes mesmo de completar um mês de início do ano letivo, os alunos ingressantes do curso de Administração experimentaram uma prática comum neste segmento de atuação. O grupo passou pelo Questionário de Avaliação Tipológica – QUATI, que é baseado na teoria dos Tipos Psicológicos de Carl Gustav Jung. Como só pode ser aplicado por profissionais de Psicologia, o teste foi realizado por uma psicóloga clínica convidada, Marlene Miguel Silveira Camargo que também é especialista em Pedagogia Empresarial.

Essa ferramenta é utilizada para descrever as tendências de comportamento com base nas preferências de uma pessoa ao agir em determinadas situações. “Faz parte da disciplina Teorias da Administração, além da discussão sobre Papéis Gerenciais e Habilidades e Competências do profissional de Administração, prevista no componente curricular Integração Profissional. Por isso, expor aos alunos a esse teste tão importante na área corporativa é um grande estímulo à formação. Afinal, administradores profissionais precisam desenvolver habilidades e competências para exercer os papéis gerenciais”, comenta o coordenador do curso, professor Benedito Décio da Silveira Camargo Júnior.

A atividade foi uma grande surpresa para os alunos, que receberam um comunicado via e-mail informando sobre o teste. A vivência foi realizada em etapas, totalizando três aulas. “Os resultados quantitativos permitirão verificar se há maior identificação ou a presença de imaturidade e conflitos entre dois modos opostos de ser, perceber e agir no mundo. Isso poderá ajudar na caminhada rumo à construção de habilidades e competências indispensáveis ao profissional de Administração”, afirmou a psicóloga convidada em sua mensagem.

Segundo o aluno Evandro Cordeiro Arantes, o teste é muito importante, pois visa avaliar a personalidade através das escolhas situacionais e emocionais que fazemos no dia-dia. “Muitas empresas aplicam esse teste em seus recrutamentos para seleção de grandes personalidades, e me surpreendeu fazê-lo aqui na Max Planck já no primeiro semestre do curso de Administração. Será uma experiência muito interessante que levarei para o meu futuro profissional e pessoal. Me fez enxergar com melhor clareza de julgamento sobre minha orientação vocacional, personalidade e aptidões”, explica.

Já para a aluna Inaê Cheracomo, o importante da realização do teste foi o autoconhecimento, além da descoberta de habilidades e deficiências. “Consegui me socializar com os colegas, tornando o ambiente mais agradável e confortável”, declarou.

Vale lembrar que o curso de Administração da Max Planck tem o objetivo de formar profissionais aptos a atuar em gestão financeira, recursos humanos e operações, planejamento estratégico e marketing, logística e vendas.