Médico veterinário formado pela MAX trabalha com alta biotecnologia

Médico veterinário formado pela MAX trabalha com alta biotecnologia

Com menos de 1 ano de conclusão de curso, egresso trabalha em uma multinacional da área de sexagem de sêmen bovino

Trabalhar para a saúde e bem-estar de equinos era a ideia de Bruno Ferreira Leme ao iniciar a graduação. Porém, ao se formar na Faculdade Max Planck em 2015, o médico veterinário viu sua carreira seguir novos rumos. Hoje Bruno trabalha na Sexing Technologies do Brasil, empresa multinacional, considerada uma das maiores em sexagem de sêmen bovino. “É uma área em grande expansão da Medicina Veterinária. Quem tiver o olhar para esse mercado pode ter muito sucesso”, explica o diretor do Hospital-Escola Veterinário da Max Planck, Thyago Escodro Dercoli.

“Quando comecei eu era muito focado na área em equinos – estágio, hospital, reprodução. E por meio dos Ciclos de Estudos tive oportunidade de participar de palestra sobre sexagem e me interessei. Fui atrás pra saber como funciona esse trabalho. Também tive o incentivo do professor Thyago, que é um especialista no assunto. E graças a Deus deu tudo certo e estou feliz onde estou trabalhando”, afirma Bruno.

Iniciativas regulares em todos os cursos da MAX, os Ciclos de Estudos são e têm o objetivo de atualizar os alunos das tendências do mercado de trabalho, além de provocarem discussões positivas a respeito da carreira.

“O pessoal tem mente fechada que a área de Medicina Veterinária é restrita a gato, cachorro, cavalo ou bovinos. E não é só isso, a nossa área é muito ampla. Vai desde inspeção de alimentos, perícia, clínica de grandes, tem muita coisa. E esse Ciclo de Estudos é muito importante porque eles trazem palestrantes renomados de várias áreas e nos passam um pouco de cada segmento. E isso abre nossa mente, como aconteceu comigo ao conhecer a Sexing. Eu nunca imaginei que iria trabalhar em um laboratório de sexagem de sêmen. A palestra abriu um leque de oportunidades”, comenta.

As atividades práticas, presentes desde o início do curso, também são destacadas por Bruno como importantes ferramentas para a formação profissional. “Um diferencial da MAX é a prática. Os professores deixam o aluno colocar a mão na massa, fazer, mexer sem medo. Não é deixar o aluno de canto como em outros locais. E eu sei porque já passei por outros lugares e sei como funciona”, afirma Bruno.

Para desenvolver o trabalho de sexagem de sêmen bovino, o médico veterinário precisou aprender técnicas específicas deste procedimento – que garante ao produtor programar o nascimento dos animais levando em conta se serão bovinos para corte ou leite. Porém, para Bruno, as aulas práticas, infraestrutura e corpo docente da MAX também foram fundamentais para sua carreira. “É uma coisa aberta, a gente sente em casa. Eu aprendi muita coisa fazendo mesmo, em plantão e cirurgias, por exemplo. Tudo o que eu aprendi eu devo à Faculdade e sou orgulhoso de ser um médico veterinário formado pela MAX”, finaliza.

24/11/2016

 

 

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful