Maxpolis

Faculdade Max Planck lança seu jornal

A Faculdade Max Planck, em Indaiatuba, integrante do Grupo Polis Educacional, lançou em agosto o jornal Maxpolis. Dirigido à sua comunidade interna, à comunidade Polis Educacional e, ainda, à comunidade de Indaiatuba, o jornal traz e trará informações e reflexões de caráter cultural, profissional, educativo e social, destacando-se temas como cultura, lazer, cidadania, ética, comportamento, ecologia, modo de vida, tecnologia, vida profissional, vida acadêmica e valores humanos. Mostrando o que já está acontecendo e antecipando o que ainda pode acontecer na cultura e na vida das pessoas, na cidade e no mundo.

Projeto editorial

Entre os objetivos do Maxpolis estão: contribuir ao desenvolvimento e promoção da cultura interna da faculdade; contribuir ao desenvolvimento da atenção e senso crítico de seus leitores a respeito de algumas questões relevantes – as disciplinas que estudam, a comunidade em que estão inseridos e o mundo em que vivem; contribuir à qualidade de comunicação entre os diversos personagens afins com a instituição – particularmente entre esta e os alunos, entre estes e estes, e entre estes e aquela (entendeu?); contribuir ao fomento de um ambiente interno saudável e agradável; contribuir a apresentação à comunidade das ações e valores que norteiam a Faculdade Max Planck e o grupo Polis Educacional; e ser um espaço de expressão dos alunos e outros personagens, onde eles podem exercitar o seu pensar, o seu refletir e o seu fazer. Ufa!

É inerente ao projeto editorial/mercadológico do Maxpolis a realização de campanhas e outras ações de interesse social afinadas com sua proposta e que favoreçam seu relacionamento com leitores e anunciantes – que, já na primeira edição, com sua presença, demarcaram o prestígio da faculdade e do seu jornal.

Eclético, o Maxpolis – formato tablóide, 12 páginas, tiragem de 2000 exemplares e proposta de circulação bimestral, reúne elementos editoriais como artigos, notas, enquetes, reportagens, entrevistas, críticas, resenhas, quadrinhos e afins, trabalhando em sua primeira edição a seguinte pauta: Pessoas melhores, dias melhores – uma reflexão sobre propósitos do Polis Educacional e suas instituições, entrevista com o professor Rubens Pantano Filho – diretor da faculdade, artigo sobre Max Planck, artigo e enquete sobre mercado de trabalho e competências, matéria sobre livro lançado por professores do Polis Educacional, e seções: Aconteceu na Max (ações e eventos), O Mundo Polis (notícias sobre instituições do grupo), Aluno pensante (artigo), Li, gostei e recomendo (resenha), Questões Contemporâneas (tema: liderança), Vida profissional & Oportunidades (estágios, contatos profissionais), Aos navegantes (dicas de sites), Quadrinhos, Agende-se (cultura e educação) e Notícias do planeta Terra (meio ambiente).

Editado por Vagner Couto, o Maxpolis foi totalmente produzido internamente, com colaborações dos professores Rubens Pantano Filho, Jorge Tannus Jr. (Direito), Rodrigo Pires da Cunha Boldrini (Direito), Renato Guimarães (Marketing) e da aluna Andréa Fiúza (Marketing).  Contando, ainda, com material informativo fornecido pela assessoria de imprensa da faculdade.

Colaboradores 

Indagado sobre o que se espera do jornal, o professor Rubens declarou: “Espero que o Maxpolis seja um veículo importante da instituição, ou seja, dos alunos, dos professores, coordenadores, da direção, enfim, de todo o grupo de pessoas ligadas à Max Planck. Ele deve levar informações úteis e importantes para todos, principalmente para os acadêmicos, além de também propiciar leituras e reflexões mais abrangentes. O jornal deve ser da comunidade acadêmica; é para ela que tem sentido a existência dele.  Mas ele é, ao mesmo tempo, de toda a comunidade Polis e, também, da comunidade de Indaiatuba. Assim, convido os universitários da Max Planck para se organizarem e participarem também desse novo projeto que ora se materializa”.

É assim que, além do material editorial produzido por redação própria, o Maxpolis tem amplo espaço aberto à publicação de materiais produzidos por alunos, professores, coordenadores e outros colaboradores. Todos esses, então, dispostos a este fazer intelectual, reflexivo, cultural e, também – político, podem contatar o editor e apresentar os seus pensares: vagner@facmaxplanck.edu.br -Tel. 19 3894 6038. Mesmo contato que pode ser utilizado, também, pelos que querem receber o jornal em sua faculdade, empresa ou escola, e sugerir ou comentar.

POR: COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful