Mais de três mil casos foram resolvidos pelo CEJUSC em 2015

Mais de três mil casos foram resolvidos pelo CEJUSC em 2015

-Publicado em 23/03/2015-
Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania funciona com presença de alunos do curso de Direito da Faculdade Max Planck

 

Promover a cultura da pacificação e possibilitar melhores soluções para conflitos, reduzindo ou evitando processos judiciais, é o objetivo do CEJUSC (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania), que oferece orientação gratuita à população para a conciliação entre as partes. O serviço registrou mais de 3,5 mil demandas entre fevereiro e dezembro de 2015.

O CEJUSC utiliza métodos alternativos para soluções dos casos, que podem ser desavenças relacionadas a divórcio, compra e venda de bens, aluguel, entre outros. Os atendimentos são realizados por estudantes do curso de Direito da Faculdade Max Planck, sempre supervisionados por professores. “O convênio da Instituição com o Tribunal de Justiça possibilitou inserir os alunos na rotina da profissão. Os atendidos se sentem à vontade pois, além do ambiente acolhedor que proporcionamos, os alunos acabam ensinando e aprendendo com os atendidos”, conta a coordenadora do núcleo de prática jurídica da Faculdade, Mariana Castro.

“Cada ocorrência é única, então temos o desafio de compreender e buscar a conciliação para que o conflito seja solucionado”, explica a estudante do 3º semestre do curso, Aline Luques. Ela ressalta que, caso o problema não seja resolvido inicialmente, mais um desafio aparece. “Devemos colocar em prática procedimentos jurídicos, aplicando o aprendizado e não esquecer que o atendido tem seu direito”. Para a aluna, realizar os atendimentos ensina a compreender conflitos e desenvolve habilidades da escrita jurídica. “Aprendemos a conduta que é utilizada no ramo profissional jurídico e quais os procedimentos cabíveis. Sem dúvidas a atuação no CEJUSC enriquece nossa formação”, garante.

O profissionalismo que os alunos aplicam nos atendimentos fica explícito em pessoas como Cybelle Alves Dias, 39, que enfrentava um problema de aluguel de comércio: o proprietário do imóvel a processou meses após o rompimento do contrato. “Procurei órgãos que achei que poderiam me ajudar e o PROCON me indicou o CEJUSC. Fui muito bem orientada, recebi todas as informações que precisava e tudo foi esclarecido. Dois dias depois recebi uma liminar para entregar ao cartório e após 24h meu nome já estava limpo”, conta Cybelle.

Para o coordenador do curso de Direito, professor Alexandre Soares Ferreira, o atendimento é extremamente importante pois possibilita à população um canal rápido e eficiente na solução de demandas. “Além disso, proporciona aos nossos alunos o contato direto com a prática de conciliação, atendimento, mediação e elaboração real de processos judiciais”.

Interessados no atendimento devem comparecer ao CEJUSC, que fica no campus 1 da Faculdade Max Planck, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h, com os documentos pessoais e comprobatórios dos fatos, para a realização de triagem de conhecimento da solicitação. O CEJUSC fica localizada à avenida 9 de Dezembro, 460, Jardim Pedroso, Indaiatuba. Mais informações pelo telefone (19) 3801 2796.

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful