Intérprete de Libras da MAX será voluntário nos Jogos Olímpicos Rio 2016

Intérprete de Libras da MAX será voluntário nos Jogos Olímpicos Rio 2016

Tradutor trabalha na Faculdade desde 2010 e está na segunda graduação

A realização dos Jogos Olímpicos Rio 2016 continua impactando representantes da MAX. Dessa vez, será o intérprete de Libras Eliezer Thomas Schroeder que viverá uma grande emoção, pois vai trabalhar como voluntário do evento, atuando como tradutor

Eliezer_2 (1)do Comitê Olímpico. “Eu tenho muito orgulho do que faço, afinal, o intérprete de Libras abre um horizonte de possibilidades a surdos. Então, assim que pude, fiz minha inscrição como voluntário do maior evento esportivo, que pela primeira vez será no Brasil”, afirma.

Natural de Elias Fausto, cidade próxima a Indaiatuba, Eliezer começou a se especializar na área em 2006. De lá pra cá, foram vários cursos e especializações. “O Brasil tem cerca de 10 milhões de deficientes auditivos. Então, o intérprete de Libras tem um papel fundamental no país, por ser um elo de socialização”, explica.

Eliezer iniciou os trabalhos na MAX em 2010, acompanhando alunos de Ciências Contábeis. Ao contrário de muitos intérpretes, que participam apenas como ouvintes, ele aproveitou a oportunidade para fazer a graduação. “Como intérprete, tenho que estudar especialmente o conteúdo técnico. Assim consigo fazer uma tradução mais correta. Então, eu aprendo muito e consegui ter boas notas, sendo um dos primeiros da turma”, comenta Eliezer.

 

CONDUTORES (1)O empenho de Eliezer é tão grande que seu aluno recebeu  premiação no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) pela  ótima performance durante a graduação. Atualmente, Eliezer  acompanha dois alunos de Gastronomia, sua segunda  graduação pela MAX. “É uma satisfação e alegria muito grande  ver a importância da minha profissão, que tem resultados  positivos bem relevantes”, diz o intérprete.

Vale lembrar que os Jogos Olímpicos Rio 2016 impactaram outros três representantes da MAX. A coordenadora do curso de RH da MAX, Carla Borges, e os alunos de Educação Física, Luan Toro Carvalho Akaboshi e Armando Reis da Costa Camargo Filho, o Piá, foram condutores da Tocha Olímpica na passagem por Indaiatuba, no dia 21 de julho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful