Engenharias desenvolvem protótipos com foco em automatização de processos

Engenharias desenvolvem protótipos com foco em automatização de processos

Alunos de 1º semestre apresentaram 40 projetos desenvolvidos com base na disciplina Lógica e Algoritmos de Programação
Por Samanta De Martino

A área de Convivência da Faculdade Max Planck sediou, na noite de quarta-feira, 13, a 1ª Feira de Hardware Livre, com exposição dos projetos desenvolvidos pelos alunos do 1º semestre dos cursos de Engenharia de Automação e Produção, na disciplina Lógica e Algoritmos de Programação. Ao todo foram apresentados 40 protótipos de projetos, desenvolvidos com base na proposta de automatizar processos industriais e residenciais.

De acordo com o professor Natan Medina Vieira, que ministra a disciplina nas duas turmas, com base no que foi estudado em sala de aula, durante o bimestre, os alunos buscaram problemas reais da indústria e das residências e tiveram como missão criar novas soluções para implantar melhorias, que vão desde a qualidade de vida no ambiente de trabalho, até economia de energia.

Um exemplo disso foi o trabalho desenvolvido pelo grupo da aluna de Engenharia de Produção, Priscila Borges, que, utilizando-se de sua própria experiência, desenvolveu, com o grupo, uma solução para áreas dentro da indústria com altas temperaturas. O sistema de exaustão automatizado contém sensores de temperatura que fazem uma leitura da temperatura ambiente, após essa análise, o sistema determina se há necessidade de ligar exaustores e, se houver, quantos exaustores devem ser ligados. “Na época em que trabalhei nesta indústria, utilizávamos ventiladores para refrescar o setor, porém, além do aumento na conta de energia, o sistema não era funcional”, relembra a aluna que ainda ressalta que, com a implantação de um sistema como este, a empresa, além de ter um ganho financeiro, já que haverá uma economia de energia ainda terá um aumento na produtividade de sua equipe e maior qualidade de vida.

Outro projeto de destaque foi o da turma de Automação e Controle, trata-se do Sistema de irrigação inteligente, que consegue identificar, quando é necessário iniciar o processo de irrigação em uma plantação. O protótipo deu tão certo que já está em processo de implantação na Associação Beneficente Abid, que fica em Indaiatuba.

Mas nem só a indústria se beneficiará destes projetos. Preocupados com o problema da falta de água no Estado, um outro grupo, da Engenharia de Produção, desenvolveu um Sistema auxiliar de captação de água da chuva, ideal para residências e condomínios, e pode ajudar a reduzir em grande escala, o consumo de água. Como se trata de um sistema inteligente, a partir do momento que a caixa auxiliar está cheia, automaticamente entra em uso a água proveniente da mesma.

Ainda segundo o professor, o projeto em si foi um grande desafio. “Criar e automatizar processos industriais e residenciais, principalmente com alunos de primeiro semestre, é algo inovador que eu, particularmente, nunca havia presenciado. O desenvolvimento deste projeto permitiu que a disciplina chegasse aos 85% de atividade prática”, ressalta o professor Natan.

A feira, que deve ter uma nova edição na Semana da Engenharia ainda contou com projetos de cisternas inteligentes, temporizador de ciclo de banho, grua pneumática, ponte, entre outros.

Os trabalhos apresentados tem um excelente custo beneficio e aplicação, tanto para o mercado industrial quanto residencial, prova disso foi o interesse imediato de cinco empresa que manifestaram interesse em implantar alguns deles em seus sites de produção.

13/15/2015

1º Feira de Hardware Live

Engenharias desenvolvem protótipos com foco em automatização de processos

<< VOLTAR

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful