ENFERMAGEM – Prevenção é sempre a melhor atitude para a saúde do homem

ENFERMAGEM – Prevenção é sempre a melhor atitude para a saúde do homem

Pensar em prevenção é uma atitude fundamental para a saúde do homem, evitando complicações futuras que muitas vezes podem ser nocivas. Vários estudos revelam que os homens, em geral, adoecem mais em condições severas e crônicas de saúde do que as mulheres. Outro detalhe relevante é que o público masculino também morre mais do que o feminino. Além disso, a expectativa de vida dos homens é de sete anos a menos que a das mulheres.

De modo geral, os homens procuram bem menos os serviços de saúde em relação as mulheres. Vários fatores estão ligados a essa diferença nesta busca, entre eles o medo, a vergonha, a falta de informação e até mesmo questões culturais como o machismo, de que o gênero masculino é forte, superior e não adoece.

Alguns aspectos socioculturais são relevantes quando a temática é prevenção da saúde do homem, entre eles a falta de procura e aceitação das recomendações médicas, características especificas que contribuem para uma maior vulnerabilidade às doenças sexualmente transmissíveis (DST), utilização de álcool e outras drogas em maior frequência – consequentemente mais exposição à violência e acidentes de transito.

Diante desta problemática, foi implantada em 27 de Agosto de 2009 a Politica Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, que tem como diretriz a promoção de  ações de saúde que contribuam significativamente para a compreensão da realidade singular masculina em seus diversos contextos socioculturais e político-econômicos, respeitando os diferentes níveis de desenvolvimento e organização dos sistemas locais de saúde e tipos de gestão de Estados e Municípios.

Em relação a esse contexto, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece que a cada três mortes de pessoas adultas, duas são de homens. A OMS também identifica que os homens têm mais doenças cardíacas, cânceres, obesidade e hipertensão do que as mulheres, sem falar das doenças de origem sexual, que afetam a vida social, física e emocional dos homens, entre elas a balanopostite, fimose, ejaculação precoce, varicocele, ginecomastia, disfunção erétil, entre outras.

Por isso, prevenir doenças nos homens é contribuir para melhorar sua qualidade de vida. Entre outros hábitos, é importante: adotar alimentação saudável, evitar tabaco e álcool, praticar exercícios físicos regulares.

Dessa forma, com cuidados simples aliados à procura regular por serviços de saúde, os homens podem evitar muitas doenças, eliminando assim dores físicas, emocionais e sofrimentos familiar.

DICAS
Quando falamos de saúde do homem, algumas atitudes ou mudanças de hábitos podem trazer benefícios, como o aumento saudável do nível de testosterona. Confira exemplos:

  • Praticar exercício físico regularmente
  • Melhorar a qualidade do sono
  • Recuperar adequadamente o corpo
  • Evitar tabaco e bebidas alcoólicas
  • Ingerir gorduras insaturadas
  • Realizar atividade sexual frequente
  • Aumentar o consumo de vegetais
  • Não exagerar nos treinamentos
  • Incorporar o uso frequentemente de proteínas
  • Fazer uso de Tribulus Terrestris, Gienseng, feno-grego, cordyceps e vegetais crucíferos

Vale lembrar que o uso de qualquer substância, mesmo as de origem natural, deve ter orientação e acompanhamento de profissionais da saúde.

Alexandro Marcos Menegócio é enfermeiro, docente e coordenador de Curso de Enfermagem da Faculdade Max Planck. Tem pós-graduações em Administração Hospitalar, Enfermagem no Trauma, Psicopedagogia, Didática e Metodologia do Ensino Superior, Intervenções Multidisciplinar em Dependência Química e Metodologias do Ensino à Distância. Mestre em Gerontologia Social e membro do Grupo de Estudos na Saúde Mental na Unifesp, atualmente está realizando especialização  em Preceptoria

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful