Prêmios e Reconhecimentos

OBJETIVO

O profissional de Engenharia deve utilizar conhecimentos das ciências naturais e matemáticas para desenvolver produtos, serviços e métodos de utilização de recursos materiais e encontrar soluções que visem o benefício dos seres humanos e da sociedade.

Para isso, a pesquisa, o desenvolvimento, o projeto e a produção são atividades inerentes à profissão. A responsabilidade sobre as decisões tomadas, em relação à adequada utilização de recursos naturais, também faz parte do trabalho do engenheiro.

Assim, a consciência de que sua profissão vai além da mera aplicação apropriada de técnicas deve estar presente. O engenheiro deve situar-se como um profissional ético, conhecedor de seu papel social e político para a sociedade.

RECONHECIMENTO

Autorizado pelo MEC, conforme Portaria Ministerial nº 1.619, publicada no Diário Oficial da União de 16/11/2009

 

DIFERENCIAIS

  • Mais de 50% de aulas práticas desenvolvidas em laboratórios altamente equipados e em segmentos específicos.
  • Investimentos constantes em equipamentos modernos como o Lean Manufacturing, 1º laboratório do tipo em instituição de ensino, permitindo formação alinhada com tendências de mercado.
  • Fábrica de Fraldas onde o aluno pode vivenciar o processo produtivo e ainda praticar uma ação social, pois as peças produzidas são doadas às instituições sociais, dando ao aluno a visão de que pode colaborar de forma social.
  • Professores altamente capacitados, maioria formada por mestres e doutores, e reconhecidos por atuação na área e conhecimento em indústria, além de larga experiência na docência.
  • Alto índice de empregabilidade com alunos realizando estágio em grandes empresas da região e, ao final da graduação, empregados na área.
  • Realização de visitas técnicas em indústrias e eventos do setor na região, permitindo vivência do ambiente em que irá atuar profissionalmente.
  • Conteúdo das aulas preparado para que alunos visualizem na prática as principais adversidades do ambiente industrial: desenvolvimento do espírito de equipe, liderança e empreendedorismo.
  • Atividades práticas viram projetos temáticos desafiadores, onde o objetivo é apresentar soluções práticas para problemáticas reais, com exposição dos trabalhos em eventos acadêmicos, entre eles a Semana das Engenharias.

Mercado de Trabalho

O perfil multidisciplinar deste profissional, que tem sólida base matemática e é treinado para encarar problemas de maneira global, abre um grande leque de opções no mercado de trabalho. Este engenheiro entende de todo o processo produtivo e, por isso, é procurado não apenas pela indústria, mas também por empresas prestadoras de serviço, lojas de varejo, setor de turismo, finanças, telecomunicação e saúde. Estão aquecidas as áreas de produção na indústria de bens de consumo e de logística em empresas de diversos setores. A maioria das vagas está no Sudeste e no Sul. Mas a instalação de indústrias no Ceará e em Pernambuco amplia as chances no mercado nordestino. Merece destaque, ainda, o Centro-Oeste e o interior paulista, com a agroindústria.

Atuação Profissional

  • Desenvolvimento organizacional

Analisar e definir a estrutura de uma empresa.

  • Economia empresarial

Gerenciar a vida financeira de uma empresa, lidando com custos e aplicação de recursos.

  • Engenharia do trabalho

Administrar a mão de obra para a produção de bens ou a prestação de serviços, avaliando custos, prazos e instalações para possibilitar a execução do trabalho.

  • Planejamento e controle

Implantar e administrar processos de produção, da seleção de matérias-primas à saída do produto. Estabelecer e fiscalizar padrões de qualidade. Gerenciar operações logísticas, como armazenagem e distribuição.

  • Produção agroindustrial

Atuar na produção agrícola, processamento industrial, comercialização e distribuição de produtos.

  • Simulação de processos

Antecipar problemas e encontrar soluções, com o uso de ferramentas de TI.

 

DISCIPLINAS

Amostra das disciplinas que compõe o curso:

1º SEMESTRE 

  • Atividade Auto Dirigida em Engenharia de Estruturas
  • Atividades Complementares I
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Engenharias de Estruturas
  • Preceptoria em Engenharia de Estruturas
  • Projeto: Estruturas Fixas e Móveis

2º SEMESTRE

  • Atividade Auto Dirigida em engenharia Fluído Térmico
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Engenharia Fluído Térmico
  • Preceptoria em Engenharia Fluído Térmico
  • Projeto: Sistema Fluído Térmico

3º SEMESTRE

  • Atividade Auto Dirigida em Circuitos Elétricos
  • Atividades Complementares II
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Circuitos Elétricos
  • Preceptoria em Circuitos Elétricos
  • Projeto: Desenvolvimento de Circuitos Elétricos

4º SEMESTRE

  • Atividade Auto Dirigida em Materiais para Engenharia
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Materiais para Engenharia
  • Preceptoria em Materiais para Engenharia
  • Projeto: Seleção de Materiais de Engenharia

5º SEMESTRE

  • Atividade Auto Corrigida em Engenharia e Qualidade
  • Atividades Complementares III
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Engenharia e Qualidade
  • Preceptoria em Engenharia e Qualidade
  • Projeto: Processos de Fabricação com Gestão e Gerenciamento da Qualidade

6º SEMESTRE

  • Atividade Auto Dirigida em Processos de Produção
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Processos de Produção
  • Preceptoria em Processos de Produção
  • Projeto: Modelagem e Automação de Processos de Produção

7º SEMESTRE

  • Atividade Auto Dirigida em Projetos de Fábrica
  • Atividades Complementares IV
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Projetos de Fábrica
  • Preceptoria em Projetos de Fábrica
  • Projeto: Fábrica de Projetos Mecânicos, Químicos e Alimentícios

8º SEMESTRE

  • Atividade Auto Dirigida em Processos de Manufatura
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Processos de Manufatura
  • Preceptoria em Processos de Manufatura
  • Projeto: Processos de Manufatura com Controle Numérico Computadorizado

9º SEMESTRE

  • Atividade Auto Dirigida em Custos e Logística
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Custos e Logística
  • Preceptoria em Custos e Logística
  • Projeto: Controle de Custos e Logística na Engenharia
  • Trabalho de Conclusão de Curso I

10º SEMESTRE

  • Atividade Auto Dirigida em Planejamento de Processo de Produção
  • Estágio Supervisionado
  • Prática Orientada para Desenvolvimento de Competências em Planejamento de Processo de Produção
  • Preceptoria em Planejamento de Processo de Produção
  • Projeto: Planejamento de Processo de Produção
  • Trabalho de Conclusão de Curso II

 

Por favor, insira seus dados para que possamos informar o valor do curso

Prof. Rogério Augusto Gasparetto Sé

Possui graduação em Engenharia Química com Ênfase em Materiais pela Escola de Engenharia de Lorena – USP (1997), mestrado em Processos Químicos (Termodinâmica) pela Faculdade de Engenharia Química – UNICAMP (2001), doutorado em Processos Químicos (Termodinâmica) pela Faculdade de Engenharia Química – UNICAMP (2006) e Pós-Doutorado pela Escola de Química – UFRJ (2006-2008). Atuou como pesquisador em projetos junto a Coppe/UFRJ em parceria com a Petrobrás (2006-2008). Coordenador e Professor do curso de Engenharia de Produção da UniMax – Indaiatuba, grupo Polis Educacional, desde janeiro 2017.

E-mail: engproducao@faculdademax.edu.br | Telefone: (19) 3885-9900

 

NOTÍCIAS


Projeto Social

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PRÓXIMOS EVENTOS

setembro

Nenhum evento

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful