Curso de Nutrição participa do I Workshop Nutrição e Diabetes

Curso de Nutrição participa do I Workshop Nutrição e Diabetes

O diabetes deixou de ser algo pessoal, suas causas, consequências e desafios envolvem saúde pública e a privada diz especialista Por
Márcio Aguiar

As mudanças de hábitos alimentares, necessárias para garantir qualidade de vida, no caso dos pacientes com Diabetes Mellitus são fundamentais. A transformação, porém, não acontece apenas pela imposição de restrições ao paciente. É necessário aumentar a consciência sobre o benefício de uma alimentação saudável para o controle da glicemia.

Diante disso, a Associação dos Diabéticos Sempre Amigos de Indaiatuba, realizou no sábado (18), o I Workshop Nutrição e Diabetes, com oficinas culinárias durante todo o dia para os inscritos. O evento realizado no Espaço Opera, localizado à avenida Fábio Roberto Barnabé, 215, contou com a participação dos alunos do curso de Nutrição da Faculdade Max Planck que realizaram orientação nutricional para os participantes. As oficinas que aconteceram das 9h30 às 11h; das 12h30 ás 14h e das 14h30 às 15h30 foram coordenadas pelas nutricionistas Adriana Villalva e ngela Maria Feitosa. Além das oficinas culinárias aconteceram várias outras atividades relacionadas à educação em diabetes.

Os alunos do primeiro ano de nutrição tiveram a oportunidade de participar da oficina como ouvintes, além de observar as orientações realizadas pelos alunos de semestres mais avançados. De acordo com a coordenadora do curso, professora Bianca Sant’Anna Pires Luiz, os alunos do segundo, terceiro e último ano puderam vivenciar a prática profissional e conhecer as diversas ações que envolvem o atendimento do paciente diabético. Segundo ela, a coordenação sempre incentiva a participação em eventos como esse, pois acredita que assim os alunos estarão prontos para o mercado de trabalho. “Além disso, a participação efetiva dos alunos proporcionou troca de conhecimento e integração”, afirmou.

Oficinas

Durante o seminário, as nutricionistas demonstraram como a orientação nutricional ajuda no controle da glicemia e na redução do colesterol total e do LDL (mau colesterol) nos pacientes com pré-diabetes e diabetes. O primeiro desafio, segundo as especialistas, é a adesão do paciente para que ele siga as orientações. E a adesão, “é uma atividade conjunta, a qual o paciente não apenas obedece, mas entende, concorda e segue”, explicaram.

Entre outras orientações, as oficinas demonstraram que o prato saudável deve ser colorido, não podendo faltar o verde, porque os vegetais são fontes de magnésio, zinco e cálcio, muito importantes para o diabético. “Para isso, é muito importante respeitar o tempo para as mudanças, estar atento à comunicação não verbal, não discriminar alimentos, observar preferências pessoais e culturais, e adequar o plano alimentar ao estilo de vida”, ressaltou.

Ainda conforme a especialista, o paciente com diabetes precisa entender como os alimentos interferem na glicemia identificando os alimentos que contêm carboidratos. Ainda segundo a nutróloga, a alimentação saudável deve ter reduzido consumo de sal (5g dia, sendo 3g na preparação dos alimentos e 2g dos alimentos). O diabético precisa fazer seis refeições dia, sendo as três principais refeições (café, almoço e jantar) e três lanches (manhã, tarde e ceia), É muito importante consumir água (dois litros por dia). “O diabetes deixou de ser algo pessoal, suas causas, consequências e desafios envolvem saúde pública e a privada”, disse.

<< VOLTAR

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful