Alunos e docentes da MAX participam de ação social na área da Saúde

Alunos e docentes da MAX participam de ação social na área da Saúde

Movimento mundial, o Hacking Health realizou evento em prol da Santa Casa de Sorocaba

Formar profissionais com qualidade técnica, mas também um olhar humanista e responsável sobre seu papel na sociedade, é um investimento constante da Faculdade Max Planck. Por isso, a Instituição oferece sempre oportunidade dos alunos participarem de projetos relevantes para a melhoria da comunidade. Foi o caso do encontro Hacking Health, realizado na Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba.

O evento reuniu cerca de 70 pessoas interessadas em desenvolver soluções para a área da saúde, entre eles profissionais de TI, designers e outros desenvolvedores de tecnologia, além de empreendedores. O grupo contou com 17 alunos e 3 docentes da MAX no dia 07/04.

“Acho que foi fundamental a participação da MAX porque a gente provou na prática que através da aproximação da Faculdade com o mercado é possível fazer uma cocriação de fato inovadora e disruptiva. E é muito bom quando a faculdade promove e propõe recursos para seus acadêmicos se aproximarem desse mundo real, que é uma raridade nos dias atuais. Então, parabéns pela participação”, comenta Ivan Moraes, do Hacking Health de SC e um dos organizadores do evento de Sorocaba.

Por meio de uma apresentação teatral, os profissionais da Santa Casa mostraram os principais problemas do hospital. Na sequência, os participantes tiveram treinamentos rápidos sobre gerenciamento de projetos, metodologias ágeis e Design Thinking. Depois, divididos em grupos, colocaram a “mão na massa”, procurando desenvolver soluções às problemáticas apresentadas.

“Achei incrível a ideia de colocar várias pessoas juntas pra buscar soluções para um problema. E o melhor é que todos podem opinar no mesmo nível. E uma boa ideia pode surgir de onde menos se espera. A interação entre as pessoas foi outro ponto positivo. Aprendi que as grandes soluções podem, como foi colocado no evento, seguir o critério de barato, sujo e rápido”, comenta o aluno Rafael Rafante, do 7o semestre de Administração.

Todo esse processo contou com mentoria da equipe do Hacking Health Sorocaba e empresas parceiras, entre elas Inova Sorocaba, Parque Tecnológico de Sorocaba, PMI, CPQD e IBM. As soluções propostas foram apresentadas aos gestores do hospital que irão analisar os projetos e a viabilidade de possíveis implantações.

“Foi um momento significativo para a MAX. Nossos alunos puderam conhecer tecnologias e metodologias extremamente modernas, além de trocarem experiências com outros profissionais. E tudo isso em contribuição a uma instituição tão importante quanto a Santa Casa de Sorocaba”, explicou o diretor da Faculdade, professor Celso Braga, que acompanhou o grupo. “Em maio devemos ter um evento parecido aqui na MAX, será outra grande oportunidade de aprendizado prático aos nossos alunos”, completa o docente.

GASTRONOMIA – O horário de almoço do grupo da MAX foi presenteado com uma surpresa prá lá de saborosa. Alunos do curso de Gastronomia prepararam, especialmente para o evento, marmitas com direito a massa, frango e salada. A equipe aprovou a iniciativa. “Agradeçam o pessoal de Gastronomia, arrasaram no lanche”, declarou Taís Cristina de Oliveira, aluna de Administração.

HACKING HEALTH – Movimento global, tem o objetivo de transformar os cuidados de saúde através da colaboração criativa entre profissionais de saúde e criadores de tecnologia. A iniciativa nasceu no Canadá e possui atuação em 21 países, contabilizando mais de 1 mil projetos desenvolvidos.

20/04/2018

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful