Alunos de Recursos Humanos da MAX inovam e desenvolvem ferramenta para avaliar treinamento dado no CAMPI

Alunos de Recursos Humanos da MAX inovam e desenvolvem ferramenta para avaliar treinamento dado no CAMPI

Universitários passam cerca de cinco semanas instruindo menores aprendizes (patrulheiros). Índice de aprovação superou os 90%

O treinamento dado pelas alunas do 1º e 3º semestre de Gestão em Recursos Humanos da Faculdade MAX PLANCK recebeu mais de 90% de aprovação dos menores aprendizes (patrulheiros), que estudam no CAMPI (Circuito de Amigos Mobilizados na Preparação Profissional) de Indaiatuba. A mensuração do resultado só foi possível graças à ferramenta de avaliação de desempenho desenvolvida pelas universitárias.

Semestralmente, alunos do curso de Gestão em Recursos Humanos passam de quatro a cinco semanas instruindo os patrulheiros com dicas para entrevista, elaboração de currículos, marketing pessoal, etiqueta profissional, plano de carreira e departamentalização. Porém essa é a primeira vez que os dados são tabulados por iniciativa dos próprios alunos.

A ferramenta avaliou em ótimo, bom, regular ou ruim a qualidade dos conteúdos, métodos utilizados, conhecimento do tema, relacionamento com a sala, apresentação do tema, cumprimento dos objetivos propostos, importância do tema e avaliação geral da palestra.

Os dados foram lançados em uma planilha do programa EXCEL e em seguida transformados em gráficos para melhor exposição das informações.  A partir disso, as estudantes puderam concluir que com base no resultado de avaliação de desempenho, os jovens patrulheiros conseguiram absorver os temas abordados, que irão ajudá-los no desenvolvimento profissional.

Estiveram envolvidas na atividade prática da disciplina de Treinamento e Desenvolvimento as alunas do 1º semestre Késsia de Carvalho Barbosa, Pamela André Ribeiro Rodrigues, Maggie Wendi Alves de Oliveira, Beatriz Mendes Reginatto e Young Nan Silva e do 3º semestre Vanessa Barboza Martins Macedo, Lara Martins Fernandes, Marisa Aparecida Bertoli Brito, Nayara Oliveira Sobrinho Coutinho. A orientação foi feita pela professora Carla Borges, na disciplina de Treinamento e Desenvolvimento e coordenadora do Curso de RH.

“Quando começamos em 2013, o projeto era pequeno, com proposta para acontecer apenas aquele semestre, para um único grupo. Hoje, 5 anos depois, o curso tem maturidade para desenvolver ferramentas, discutir melhorias e capacitar outras pessoas para dar sequência ao que fizeram.”, comenta orgulhosa a coordenadora do curso.

27/07/2018

 

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful