Alunos de Administração participam da 4ª Feira do Empreendedor

Feira em SP reuniu cerca de 85 mil empreendedores que querem expandir seu negócio
Por Márcio Aguiar

Mais brasileiros estão acreditando no empreendedorismo e trabalhando para tornar o sonho do próprio negócio uma realidade. Dispostos a descobrirem novas dicas e oportunidades de negócio, no domingo (dia 8), um grupo de alunos do 5º semestre do curso de Administração da Faculdade Max Planck, visitaram a quarta edição da Feira do Empreendedor realizada pelo SEBRAE-SP (Serviço de Apoio a Micro e Pequena Empresa de São Paulo) que aconteceu de 07 a 10 de fevereiro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi e teve entrada gratuita.

Reunindo expositores e consultores, é uma oportunidade única de fazer novos negócios e se atualizar empresarialmente, e trata-se da maior feira de empreendedorismo do país, cujo objetivo é levar orientação empresarial para donos de pequenas empresas e para quem está pensando em ter o negócio próprio.

Foram 400 expositores numa área de 30 mil m². Entre eles, estavam fornecedores de máquinas e equipamentos, representantes de franquias e de vendas porta a porta, empresas de serviços, representantes comerciais e fornecedoras de TI (Tecnologia da Informação) para desenvolvimento de negócios físicos e online.

O grupo foi acompanhado pelo Prof. Rogério Alves e na oportunidade os alunos puderam visitar stands de novos empreendimentos; assistir palestras, conhecer novas formas de organizar uma empresa e como financiá-la.

 

Mercado

De acordo com o gerente do Sebrae-SP, Renato Fonseca, com o diagnóstico em mãos, o empreendedor pode na feira buscar soluções para melhorar a gestão da empresa. Ainda segundo o gestor, em um stand, os visitantes receberam orientações de como agir e também puderam participar de palestras e de cursos que serão realizados depois nos escritórios estaduais do Sebrae. Ele afirmou que cerca de 85 mil visitantes compareceram na feira com a ideia de expandir o negócio.

Conforme dados do Sebrae-SP, no Brasil, existem 9,5 milhões de pequenos negócios. Eles representam 27% do PIB, 52% dos empregos com carteira assinada e 40% dos salários pagos. “O empreendedorismo é um fator de desenvolvimento muito importante porque ele é um poderoso gerador de riquezas na medida em que ele faz circular renda gera empregos e traz muitos benefícios em termo de qualidade de vida para uma sociedade”, afirmou o gerente do Sebrae-SP.

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful