Aluna americana surpreende-se com ensino e suporte dado pelos professores da MAX

Aluna americana surpreende-se com ensino e suporte dado pelos professores da MAX

Há um ano no Brasil, a intercambista americana, Graceline Michelle Gallan, de 19 anos, despede-se da Faculdade MAX PLANCK e do curso de Medicina Veterinária com um misto de tristeza e uma vontade enorme em contar para os amigos, nos EUA, a experiência que teve com a metodologia de ensino da Instituição.  “Eu vou levar uma boa impressão da educação no Brasil, porque as pessoas de fora, normalmente, não acham a educação aqui muito boa. Eu fiquei impressionada com a relação de proximidade entre aluno e professor. Eu acho que te faz querer aprender ainda mais com esse tipo de relacionamento”, revela Graceline.

A aluna americana conta que o suporte dado pelos professores da MAX foi essencial para seu aprendizado, sobretudo, na superação das dificuldades do idioma. “Eu gostei dos meus professores. Eles me ajudaram bastante no começo quando eu não falava nem entendia português muito bem. Meu professor favorito foi Leandro de Comunicação. Ele foi o melhor professor que eu já tive no Brasil, pois eu aprendi muito sobre relações no trabalho e como falar com as pessoas. A aula dele foi muito útil”, confidencia a estudante.

Sobre a estrutura do HEV-Max (Hospital-Escola Veterinário da Faculdade Max Planck), Graceline ressalta o conhecimento que adquiriu por meio das aulas práticas e a importância do contato com o ambiente que proporciona a vivência real que o futuro profissional irá encontrar no mercado de trabalho. “A coisa que eu mais gostei do Hospital foi a vista. Eu gostei muito de chegar na faculdade e ver toda a terra e os bichos. Eu gostei bastante dos cavalos”, conta.

Graceline enfatiza ainda seu contentamento com o intercâmbio na MAX PLANCK e que aprendeu muito com o curso de Medicina Veterinária. “Eu participei da vacinação de vacas, assisti cirurgias, fiz bastante aula prática e assisti várias palestras, como exemplo, sobre comportamento de cães”, disse. “Eu indicaria a MAX PLANCK para os brasileiros e também para os meus colegas nos EUA. Eu acho que a MAX oferece muitas oportunidades para você conhecer a profissão. Eu percebi que os professores gostam muito do trabalho deles e dão tudo para que seus alunos sejam os melhores. Isso é uma coisa que eu gostei muito da Faculdade”, completa.

Do Brasil, a estudante leva, além da riqueza do aprendizado, as amizades que fez por aqui. “Eu tive oportunidade de conhecer pessoas da minha idade e também mais velhas. Eu fiz amigos em minha sala e até de outras. Após um ano de estudo, me sinto triste por voltar aos EUA, mas ao mesmo tempo, ansiosa para mostrar tudo que eu aprendi aqui na MAX”, salienta Graceline e promete: “Eu também pretendo voltar ao Brasil para a formatura da minha turma. Meus amigos já falaram que eu possa ficar na casa deles”, finaliza.

Intercâmbio

Para conferir o depoimento da aluna Graceline e saber mais sobre os programas de intercâmbio, acesse: http://www.faculdademax.edu.br/parcerias-internacionais/

ăn dặm kiểu NhậtResponsive WordPress Themenhà cấp 4 nông thônthời trang trẻ emgiày cao gótshop giày nữdownload wordpress pluginsmẫu biệt thự đẹpepichouseáo sơ mi nữhouse beautiful